Bandeira da República Portuguesa

Bandeira da República Portuguesa
Bandeira da República Portuguesa desde 30 de Junho de 1911 ( menos de um ano após a revolução republicana de 5 de Outubro de 1910 )

2013/01/16

Oficina de Poesia

Ou Isto Ou Aquilo

Ou se tem chuva e não se tem Sol,
Ou se tem Sol e não se tem chuva!
Ou se calça a luva e não se põe o anel,
Ou se põe o anel e não se calça a luva!
Quem sobe nos ares não fica no chão,
quem fica no chão sobe nos ares.
É uma grande pena que não se possa
estar ao mesmo tempo nos dois lugares!
Ou guardo o dinheiro e não compro o doce,
ou compro o doce e gasto o dinheiro.
Ou isto ou aquilo ...
E vivo escolhendo o dia inteiro!
Não sei se brinco, não sei se estudo,
Se saio correndo ou fico tranqüilo.
Mas não consegui entender ainda
qual é melhor: se é isto ou aquilo.
 


                                      

                                     Cecília Meireles

A bailarina

"Esta menina
tão pequenina
quer ser bailarina.


Não conhece nem dó nem rémas sabe ficar na ponta do pé.
Não conhece nem mi nem fá
mas inclina o corpo para cá e para lá.
Não conhece nem lá nem si
mas fecha os olhos e sorri.
Roda, roda, roda com os bracinhos no ar
e não fica tonta nem sai do lugar
Põe no cabelo uma estrela e um véu
e diz que caiu do céu.
(...) Mas depois esquece todas as danças,
e também quer dormir como as outras crianças



Atividades:1 – Ouvir uma poesia: CD Brincando com Palavras, Madan.
2 – Vamos brincar de poesia? Pegar os poemas do varal e dar de presente para cada um ler, sempre repetindo a pergunta acima.
3 – O que significa prosa? O que significa poesia? Pedir para os participantes criarem seus conceitos, colocar música.
    Ler os conceitos.
    Ler o poema "Poesia e Prosa" de José Paulo Paes.
    Discutir e relacionar o poema com os conceitos dos participantes.
4 – Construir um poema: Técnica “Me lembra- me”
      Exemplo:
Poesia lembra-me: beleza
Beleza lembra-me: cor
Cor lembra-me: amor
Amor lembra-me: sorriso
Sorriso lembra-me: poesia
 
Finalizar sempre com a mesma palavra que iniciou o poema.
Em aula poderemos experimentar outras técnicas de construção de poemas.
Ora vamos lá...
...ser poetas por um ou dois dias!



 

Sem comentários:

Publicar um comentário