Bandeira da República Portuguesa

Bandeira da República Portuguesa
Bandeira da República Portuguesa desde 30 de Junho de 1911 ( menos de um ano após a revolução republicana de 5 de Outubro de 1910 )

2012/01/12

A vendedeira de Figos - conto de Alves Redol

Em resposta ao repto , lançado por Alves Redol no conto " A Vendedeira de Figos" : "Onde andarás tu , agora, meu amor de tantos anos?", e ao desafio lançado pela Professora de Língua Portuguesa: " Sê tu, agora, Alves Redol, e continua esta história", alguns foram os alunos que aceitaram participar, tendo, dos trabalhos apresentados , sido seleccionado o que , a seguir, transcrevemos.

(...)

Quando partiste, partiste-me o coração!
Agora, após tantos anos, continuo a lembrar-me de ti, como se ainda estivesses comigo. Continuo a relembrar-te, dia após dia, tal como no momento em que te vi.
Foste a minha paixão, a minha primeira e única paixão de tantos anos . Nunca te esquecerei, minha adorada vendedeira de figos !
Quando, pela última e definitiva vez, passei à porta do Internato, senti o teu aroma, um aroma a figos frescos, acabados de colher... Senti saudade, saudade de estar contigo . Saberás tu, meu amor , o que é amar alguém ?
E, nessse momento, vi-te diante de mim, bonita e jovial como da primeira e última vez. A minha vendedeira de figos !!! Mas não... não era real o que via... Por mais real e verdadeiro que fosse o que sentia, nada passava de desejo contido na minha imaginação !

Carlota Gamito e Raquel Antunes - 5A

Sem comentários:

Publicar um comentário