Bandeira da República Portuguesa

Bandeira da República Portuguesa
Bandeira da República Portuguesa desde 30 de Junho de 1911 ( menos de um ano após a revolução republicana de 5 de Outubro de 1910 )

2015/03/09

" FUMO " - homenagem às vitimas do holocausto nazi


Clica na imagem ou no link e terás acesso a esta excelente obra da literatura infanto-juvenil.
Poderás , então, fazer a sua leitura intregral e observar ao pormenor as magníficas ilustrações.
Este livro é dedicado "A todos os que nunca se submetem à verdade dos vencedores "



" FUMO" de Antón Fortes e Joanna Concejo - 70º aniversário da libertação de Auschwitz

Por ocasião da comemoração da libertação do campo de concentração de Auschwitz, encontrei ocasionalmente, na biblioteca do CEPAO, este livro que só posso classificar como magnífico. Magnífico pela forma simples mas profundamente chocante como está escrito, pelas também magníficas ilustrações (onde nem um só pormenor se pode desperdiçar), não esquecendo a dedicatória - "Aos que nunca se submetem à verdade dos vencedores." 
Li-o e analisei-o, ao pormenor, com os meus alunos de Cidadania e, apesar de jovens adolescentes, foi com perplexidade que ouviram a sua leitura e o desfolharam minuciosamente página a página. Foi muito o que descobriram e os sensibilizou...Não caiu uma lágrima, mas todos ficaram em profundo silêncio, quiçá em homenagem a todos aqueles pelos quais foi escrito!  
Aqui está a digitalização e "e-book" que dele fiz  para que todos possam lê-lo e, sem quaisquer sombras de hesitação, contribuam para alargar a fileira dos "que nunca se submetem à verdade dos vencedores".


2014/12/01

TEMA de VIDA - CEPAO 2014.15


Diversas actividades serão realizadas neste Centro Educativo, tendo como ponto de partida esta constatação do grande escritor moçambicano - Mia Couto.
Muito haverá para dizer, comentar, partilhar e aprender !
E, então, mãos à obra !

"O homem do leme" - Xutos e Pontapés

"O Mostrengo" de Fernando Pessoa

Excertos de "Mensagem" de Fernando Pessoa


   MAR PORTUGUÊS


  
                                                 I
                                          O Infante
                          Deus quer, o homem sonha, a obra nasce. 
                           Deus quis que a terra fosse toda uma, 

                            Que o mar unisse, já não separasse. 

                           Sagrou-te, e foste desvendando a espuma, 







                          E a orla branca foi de ilha em continente, 

                                             Clareou, correndo, até ao fim do mundo, 

                                               E viu-se a terra inteira, de repente                                                                                                          Surgir, redonda, do azul profundo. 

Quem te sagrou criou-te português. 
Do mar e nós em ti nos deu sinal. 
Cumpriu-se o Mar, e o Império se desfez. 
Senhor, falta cumprir-se Portugal! 




Mar Português 


Ó mar salgado, quanto do teu sal 

São lágrimas de Portugal! 
Por te cruzarmos, quantas mães choraram, 
Quantos filhos em vão rezaram! 
Quantas noivas ficaram por casar 
Para que fosses nosso, ó mar! 

Valeu a pena? Tudo vale a pena 
Se a alma não é pequena. 
Quem quer passar além do Bojador 
Tem que passar além da dor. 
Deus ao mar o perigo e o abismo deu, 
Mas nele é que espelhou o céu.


XII 

Prece 

Senhor, a noite veio e a alma é vil. 
Tanta foi a tormenta e a vontade! 

Restam-nos hoje, no silêncio hostil, 
O mar universal e a saudade. 

Mas a chama, que a vida em nós criou, 
Se ainda há vida ainda não é finda. 
O frio morto em cinzas a ocultou: 
A mão do vento pode erguê-la ainda. 

Dá o sopro, a aragem – ou desgraça ou ânsia -, 
Com que a chama do esforço se remoça, 
E outra vez conquistaremos a Distância – 
Do mar ou outra, mas que seja nossa! 
.

                                                                               In “Mensagem”
                                                                                de Fernando Pessoa

2014/11/30

"Mensagem" faz 80 anos. Casa Fernando Pessoa lança edição em Braille

80º aniversário da "Mensagem" de F. Pessoa
A iniciativa, que coincide com os 70 anos da morte de Fernando Pessoa (1888-1935), inclui uma visita guiada à CFP, e a oitava sessão do projecto do grupo de teatro A Tenda, intitulado “Oito olhares sobre Mensagem”

"O Homem quer, a obra sonha e a poesia nasce" dá nome à quarta sessão de "8 Olhares sobre Mensagem", uma iniciativa da Casa Fernando Pessoa para assinalar os 80 anos desta obra.
"Decidi alterar a frase de Pessoa, pois na minha visão o Homem vem em primeiro lugar, porque cria e desconstrói e a poesia nasce, porque é a arte e a qualidade humana que mais faz mexer o mundo. Tem um grande poder transformador" - Sara Franqueiro, cenógrafa , arquitecta e autora do espectáculo


O livro "Mensagem", de Fernando Pessoa, vai cumprir 80 anos de edição no domingo, efeméride que a Casa Fernando Pessoa irá assinalar com uma homenagem ao escritor e o lançamento da obra em Braille.

De acordo com a Casa Fernando Pessoa (CFP), que nesse dia completa 21 anos de existência, os 80 anos da edição de "Mensagem” terão um programa de celebrações, aberto ao público, a partir das 15:00.

"Nos  oitenta anos da primeira edição a obra icónica de Pessoa, "Mensagem" será transcrita para Braille, numa edição que resulta do trabalho de mestrado do designer Bruno Brites. 
O lançamento da edição em Braille de "Mensagem" surgiu de uma parceria com a Associação de Cegos Amblíopes de Portugal (ACAPO), segundo a CFP.

A iniciativa, que coincide com os 70 anos da morte de Fernando Pessoa (1888-1935), inclui uma visita guiada à CFP, e a oitava sessão do projecto do grupo de teatro A Tenda, intitulado “Oito olhares sobre Mensagem”.

A visita será complementada com uma mostra bibliográfica, com o objectivo de dar a conhecer a vida e obra de Fernando Pessoa.

Ao longo do ano, o grupo A Tenda tem assinalado o aniversário da primeira edição de "Mensagem" com um conjunto de "espectáculos-performance", para os quais tem convidado vários autores, encerrando no domingo com "Mens Agitat Molem", de Hélder Gamboa.

Expresso e Ionline -26 de Novembro de 2014


2013/11/20

Ser professor


SER PROFESSOR

Ser professor é ser artista,
malabarista,
pintor, escultor, doutor,
musicólogo, psicólogo...
É ser mãe, pai, irmã e avó,
é ser palhaço, estilhaço,
É ser ciência, paciência...
É ser informação,
é ser acção.
É ser bússola, é ser farol.
É ser luz, é ser sol.
Incompreendido?... Muito.
Defendido? Nunca.
O seu filho passou?...
Claro, é um génio.
Não passou?
O professor não ensinou.

Ser professor...
É um vício ou vocação?
É outra coisa...
É ter nas mãos o mundo de
AMANHÃ



AMANHÃ
os alunos vão-se...
e ele, o mestre, de mãos vazias,
fica com o coração partido.
 (...)
Fica a saudade...
a Amizade.
O pagamento real?
Só na eternidade.
de Rhanna Pontes

A todos os que conseguiram compreender quão multifacetada tentei ser e quanto amor emanava da minha forma simples de ser e de fazer, os meus sinceros agradecimentos.
Parti, mas espero ter deixado um pouco , quiçá, o melhor de mim em cada um de vós!  Até sempre...
Professora Maria do Rosário Barros





Aviso Urgente

Olá amigos e amigas!

Lamento só agora ter oportunidade de informar, mas o tempo não chega para tudo....
Este blogue irá estar desactivado, por tempo indeterminado, em virtude de não me encontrar a leccionar na EBI de S. Bruno, pois fui destacada pela Srª Directora de Agrupamento para o Centro Educativo Padre António de Oliveira - CEPAO.
Estou a trabalhar com jovens "em risco" e tudo está a correr bem, mas tenho de confessar que sinto enormes saudades dos meus alunos e alunas, sobretudo daqueles que me encheram o coração !
A todos o meu obrigada e até sempre.

2013/06/21

Boas Férias


Boas Férias


Então, até breve...



21 de Junho - Solstício de Verão 2013



Apesar da instabilidade do tempo, desejo que o Verão e as Férias vos proporcionem muitos momentos de prazer, convívio e alegria...na praia, no campo , ou em casa!
Na praia , cuidado com o sol...
No campo, cuidado com os piqueniques e as fogueiras...
Em casa, cuidado com a televisão e o computador...
 
                   Boas Férias!
 
 
PS: Solstício de VerãoTempo em que o Sol se acha no ponto mais afastado do equador e parece, durante alguns dias, aí se conservar estacionário (21 de junho e 21 de dezembro).
 O Solstício de Verão 2013 é assinalado com um google doodle ( aplicação interactiva ), que lembra a entrada do verão no hemisfério norte. Em junho, dá-se o solstício de verão no hemisfério norte. Já no hemisfério sul sucede, no mesmo mês, o solstício de inverno. ( O termo “solstício” deriva do Latim e é formado por duas palavras: “Sol” e “sistere” [algo que não se move]. Numa análise a esta formação de palavras pode dizer-se que “solstício” quer dizer “sol que não se mexe”, ou “sol parado”, uma vez que quem o observa tem a sensação de que está a olhar para algo que não se move, durante um lapso de tempo, quer ao nascer, quer ao pôr do Sol. Há, portanto, dois solstícios por ano, que estão associados a duas mudanças de estação: verão e inverno.)
             Equinócio -Tempo do ano em que o Sol passa pelo equador fazendo com que os dias sejam iguais às noites, o qual ocorre de 20 a 21 de março e de 22 a 23 de setembro. 

Boas Férias e Boas Leituras


Nada melhor que uma boa leitura - Recados e Imagens para orkut, facebook, tumblr e hi5

Boas férias na companhia de bons livros.
Cada um de nós é o resultado daquilo que lê ...
 Quanto mais lermos e melhores livros escolhermos, mais segura  e correctamente cresceremos... 

Até sempre !




 



EXAME de Português - Cenários de correcção


EXAME de Português final de 2.º ciclo / 6º ano - 20 de Junho 2013


Clica na imagem anterior para abrires a prova de exame de final de ciclo, que fizeste na quinta-feira , dia 20 de Junho.
Lê atentamente e tenta recordar-te do que fizeste.
Vou, de seguida, dar-te os cenários de correcção.

2013/06/14

13 de Junho- um dia que não vamos esquecer

 
13 de Junho
 
 
13 de Junho, 1888 - nasceu Fernando Pessoa
13 de Junho, 1908 - nasceu Maria Helena Vieira da Silva
13 de Junho, 1997 - morreu Al Berto
13 de Junho, 2005 - morreu Eugénio de Andrade
13 de Junho, 1231 - morreu Santo António
 
 
Mª Helena Vieira da Silva - " A poesia está na rua "
 
 
Ps. Clica na imagem para saberes mais sobre esta pintora luso-francesa

12 de Junho - Dia Mundial contra o Trabalho Infantil


O Dia Mundial Contra o Trabalho Infantil celebra-se a 12 de Junho.
A data foi instituída em 2002 pela Organização Internacional do Trabalho, agência das Nações Unidas.
Esta data visa alertar a população para o facto de muitas crianças serem obrigadas a trabalhar diariamente quando deveriam estar na escola a aprender e a construir um futuro melhor para si e para as suas famílias. O Dia Mundial Contra o Trabalho Infantil visa assim promover o direito de todas as crianças serem protegidas da exploração infantil e outras violações dos seus direitos humanos fundamentais e combater todos os tipos de trabalho infantil.
A UNICEF estima que mais de 215 milhões de crianças são vítimas de trabalho infantil, trabalhando muitas em condições de exploração infantil e sendo envolvidas em conflitos armados.
 
Para mais informações , clica na imagem e terás acesso a uma página web.

2013/06/12

9...8...7...6...5...4...3....2...1...EXAME !

 
 
 
RECEITA PARA UM BOM EXAME:
 
Saber lidar com a ansiedade - nada de antecipar problemas; a calma / a serenidade são sempre boas conselheira.
 
Começar a estudar com a antecedência necessária / não guardar para o dia seguinte   o   que pode ser feito no momento.
 
Fazer intervalos regulares entre os diferentes momentos de estudo -  dar um passeio; ouvir música ( 15 m por cada hora)
 
Cuida da tua alimentação - uma alimentação regular evita as dores de cabeça.
 
Dormir bem - o sono é regenador e ajuda a consolidar a informação.
 
Exercita o bom humor - estar bem disposto ajuda a ultrapassar dificuldades.
 
Rever sempre os assuntos estudados no dia anterior.
 
Detectar dificuldades, analisar os erros para aprender com estes.
 
Levantar cedo...
tomar um bom pequeno almoço...
olhar o sol...
sorrir para a vida...
respirar fundo...
partir confiante para mais este desafio...
acreditar em ti...
evidenciar confiança...
apostar na vitória...
e VENCER  !
 
 

DURANTE O EXAME:

Tem atenção à letra. Uma letra legível facilita o trabalho do professor.

Faz sempre um esquema mental da resposta ou utiliza uma folha de rascunho para escreveres os vários pontos que se relacionam com a pergunta

Faz uma leitura rápida da resposta e vê se usaste as "palavras chave", porque o corrector vai procurar estas palavras para pontuar as respostas.

Deixa sempre um espaço entre as respostas. O nosso cérebro funciona sem nos apercebermos e às vezes temos que acrescentar algum pormenor a uma resposta que pensávamos estar completa.

Se bloqueares numa resposta avança para a seguinte, mas faz uma anotação no enunciado a dizer que ainda não respondeste a essa pergunta. Muitos alunos não o fazem e depois ficam admirados por não terem respondido a todas as perguntas.

Aproveita todo o tempo do exame. Pessoalmente eu ficava a ler e reler as minhas respostas até o professor anunciar o terminus do exame.


Free exam glitter graphicsMyspace glitter graphics

2013/06/11

10 de junho - Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas

No dia 10 de Junho celebra-se em Portugal o Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas.
O feriado nacional assinala ainda o dia da morte do poeta Luís Vaz de Camões, em 1580, autor d´ Os Lusíadas.

Durante o regime ditatorial do Estado Novo de 1933 até à Revolução dos Cravos de 25 de Abril de 1974, o dia 10 de Junho era celebrado como o "Dia da Raça: a raça portuguesa ou os portugueses".
Após a revolução do 25 de Abril de 1974, que marcou o fim do regime ditatorial do Estado Novo, a celebração do dia passou a prestar homenagem a Portugal, Camões e às Comunidades Portuguesas.
Neste dia o Presidente da República e altas individualidades do Estado participam em cerimónias de comemorações do Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas, que decorrem em cidades diferentes todos os anos.
Comemoração do Dia de Camões no Google


Nota: O Prémio Camões (considerado o mais importante reconhecimento literário da língua portuguesa. Criado por Brasil e Portugal em 1988 para reconhecer autores que contribuem para o enriquecimento do patrimônio literário e cultural do idioma ) foi atribuído e entregue ao escritor moçambicano, Mia Couto, pela Presidente do Brasil, Dilma Rousseff, em cerimónia oficial.

 
Cerimónia oficial da entrega do Prémio Luís de Camões ao escritor Mia Couto



A criatividade e a escrita ao serviço dos homens, mulheres e crianças moçambicanas e do mundo...

 


Mia Couto partilha Prémio Camões com a gente anónima de Moçambique ...

Ler mais: http://expresso.sapo.pt/mia-couto-partilha-premio-camoes-com-a-gente-anonima-de-mocambique=f813155#ixzz2Vu7yhh4N
                    http://www.impala.pt/detail.aspx?id=82901&idCat=2170 ( partes do discurso )

2013/05/31

António Mota nomeado para o prémio internacional ALMA de literatura para a infância .

                           Prémio ALMA 
 Prémio literário Astrid Lindgren (1) Memorial Award
(O prémio sueco ALMA, no valor de mais de 500 mil euros, é considerado o maior na área da literatura para a infância e juventude e da promoção da leitura. )

Clica em (1) para saberes quem foi Astrid Lindgren


António Mota
 
Clica na imagem e lê o artigo que explica a nomeação do escritor português António Mota , pelos mais de 70 trabalhos publicados para a infância e juventude.
Parabéns.
É bom reconhecer que há pessoas...que há portugueses com muito valor !
É bom saber que seu valor é reconhecido....neste aspecto, parece que os tempos mudaram.
Que alegria !


António Mota ( facebook - 31.05.2013)
Mimos.
Sabe tão bem.  

2013/05/28

Escritor Mia Couto ganha Prémio Camões


Clica na imagem e lê o artigo relacionado com o título deste post.


Os nossos parabéns e....

Um abraço apertadinho em você! - Recados e Imagens para orkut, facebook, tumblr e hi5
...amigo, poeta e escritor, Mia Couto.

 


2013/05/21

"O Cavalo do Lenço Amarelo é Perigoso" , Mário Castrim

Este livro foi objecto de leitura extensiva na sala de aula, como forma de comemorar o aniversário da morte do jornalista , cronista e escritor , Mário Castrim.
A sua transformação em ebook , com a autorização da escritora Alice Vieira e da Leya, foi igualmente uma forma de homenagear o escritor e de agradecer à nossa grande amiga pela oferta deste livro, a que dificilmente teríamos acesso. À nossa grande amiga e brilhante escritora, Alice Vieira, o mais sincero agradecimento.
Esta narrativa relata a história de um cavalo, de nome Arabé, a quem, por ser diferente dos outros, é colocado um lenço amarelo ao pescoço.
Arabé não era perigoso....Arabé queria apenas lutar pela sua felicidade, liberdade e dignidade, mas  a sua capacidade de mobilizar os outros  companheiros assustava os homens que o queriam dominar, achincalhar, menosprezar....por isso diziam que era perigoso e o maltratavam sem dó nem piedade.
A luta pela felicidade é e será sempre uma aventura constante na vida de Arabé... e, por certo, de todos nós !
 

Open publication - Free publishing - More cavalo


  • Maria Barros Amiga, espero que não se zangue comigo, mas Mário Castrim tem, deve ser recordado. Muito não posso fazer..presto-lhe aqui a minha simples, mas comovida, homenagem. Abraço do coração!

  • Alice Vieira Muito obrigada, amiga, pelo seu trabalho e por ter conseguido entusiasmar os seus alunos para a leitura de uma obra
  • que não é fácil! Um abraço
     
    ( retirado da página do facebook em 22.05.2013 )

    2013/05/17

    Livros digitais para o 2º Ciclo


    Clica na imagem.
    Abrirás uma página que te fornecerá uma lista de livros para o teu nível de ensino e o link para que possas fazer a sua leitura digital.
    Vá, não percas esta oportunidade.
    Boas leituras!

    PS: Também podes recomendar este site/ blog aos teus colegas/ amigos do pré-escolar, 1º e 3º ciclo.

    "Os Piratas" - Manuel António Pina

    "História de um gato e de um rato que se tornaram amigos"




    Para te "abrir o apetite"!
    Boa refeição... os alimentos estão para o corpo, como os bons livros para o espírito...dão-nos paz e alimentam o nosso ser interior!
    Ajudam também a crescer... por dentro.
    Pelo sonho é que vamos !


    Luis Sepúlveda ( na Feira do livro em Lisboa)
    Queridas amigas y queridos amigos de Lisboa:
    Gracias, muito obrigado, muchas gracias por tanto cariño, por tanto afecto recibido durante los dos días que estuve en la Feria del Libro presentando mi último libro. Gracias por las palabras, por el apoyo, por el vino, por los pasteles de nata, por el queso alenteixano, por los libros que me dejaron amigas y amigos con los que no fue posible hablar todo el tiempo que hubiera querido.
    Ayer por la noche, me senté un rato en la plaza Camôes para tener unos momentos de intimidad en esa ciudad que tanto amo, mirando a la gente, el paso de los viejos tranvías, y sobre todo mirando el incomparable ocaso de Lisboa.
    Amigas y amigos portugueses: a algunos escritores los hacen académicos o le dan diplomas. Yo soy feliz con los abrazos, el vino, el queso, los pasteles, y todo el afecto que recibo de mis lectoras y lectores. Muito obrigado, muchas gracias.
     
    Obrigada amigo escritor ! Obrigada, muito obrigada!

    Sugestões de leitura

    Do autor do livro " História de uma gaivota e do gato que a ensinou a voar", um livro acabadinho de ser lançado...


    E também de Manuel António Pina, uma peça de teatro bem interessante... ( este livro foi seleccionado pelo PNL - Ler+ )
    Manuel António Pina
     
    Qualquer destes livros pode ser requisitado na Biblioteca Escolar.
    Aproveita!
    São de fácil leitura e bem interessantes!

    2013/05/15

    Expressão Escrita - 2 Propostas de Composição














    " Tens duas hipóteses de olhar a gaivota á janela. Ou a vês elevar-se no ar, asas abertas, repetindo a imagem de milhões de abraços, ou a vês a descer à água e a despedaçar um peixe. Sonhador das horas vagas, que não pediste conselho. Alterna e terás a realidade"  - Lídia Jorge.

    1. Lê atentamente o extracto de texto transcrito. Observa as imagens e reflecte!
    Escreve um texto ( 140 / 200 palavras) em que digas tudo o que, sobre a vida / a realidade, te sugere o texto e as imagens.
     
     


    2. Ouve atentamente esta canção.
    O garoto está com dúvidas... pai e mãe têm opiniões diferentes sobre a escola.
    Se fosses o mestre escola ou um outro qualquer amigo, que opinião/ conselho lhe darias?
    Escreve um texto - artigo de opinião  ou uma reportagem / entrevista - ( 140 a 200 palavras) em que consigas apresentar argumentos convincentes sobre a importância de conciliar os dois saberes -  a vida e a escola.
    Inspira...e inspira-te !